Acompanhe nossas redes sociais



Evento vai reunir nomes como Preta Gil, Sandra de Sá, Mônica Martelli e Elisa Lucinda em apresentações gratuitas

Mona Vilardo

A partir da próxima terça-feira, 08 de março, a prefeitura de Niterói vai celebrar o mês das mulheres com diversas atividades gratuitas. Estão programadas apresentações de artistas que se destacam na luta pelos direitos femininos como Preta Gil, Mônica Martelli, Luana Génot, Ana Cañas, Mona Vilardo, Sandra Sá e Elisa Lucida. A Coordenadoria de Políticas e Direitos das Mulheres (Codim) está à frente da campanha que, em 2022, leva o nome de “Nossas conquistas são históricas e diárias”.

As atividades são gratuitas, sujeitas a lotação, e com uso obrigatório de máscaras, sendo exigida a apresentação do comprovante da vacina. A Sala Nelson Pereira dos Santos (Reserva Cultural) vai sediar os debates e shows. A programação completa do mês da mulher pode ser conferida no Instagram da Codim (/mulheresniteroi).

Para Fernanda Sixel, secretária da Coordenadoria de Políticas e Direitos das Mulheres, celebrar o dia internacional da mulher com inúmeras iniciativas , é fundamental. “Nosso slogan ‘Conquistas históricas e diárias’ resgata a luta das mulheres através do tempo e nos convida a refletir sobre os nossos desafios atuais. Somos responsáveis, prefeitura e sociedade civil, pela construção de uma Niterói garantidora dos direitos das mulheres”, afirmou Fernanda.

O Festival da Mulher traz na programação debates e muita música. A abertura do evento na terça-feira (8), às 19h, conta com a atriz Mônica Martelli e a cantora Preta Gil com a roda de conversas ‘A mulher no século XXI: Conquistas e Desafios’, seguido do Baile da Preta que promete animar o público. Na quarta-feira (9), 19h, será a vez da empresária, jornalista e ativista Luana Génot e da cantora Ana Cañas abordarem o tema ‘Papéis de gênero na sociedade: Qual o lugar que a mulher ocupa?’, fechando a noite com o show ‘Ana Cañas canta Belchior’, o sexto álbum da cantora.

O terceiro dia do evento, quinta-feira (10), terá início às 18h com uma premiação a 55 servidoras indicadas por órgãos da prefeitura por contribuírem para a gestão pública da cidade. O encerramento fica a cargo da cantora, atriz, escritora e professora de música, Mona Vilardo. Para fechar a semana, na sexta (11), às 20h, será a vez do ritmo contagiante de Sandra Sá com músicas que marcaram sua carreira.

O Festival encerra as atividades no dia 30, às 18h, com a entrega do Prêmio Inês Etienne Romeu, que está em sua 5a edição e homenageia mulheres que se destacaram em suas atividades e participaram da luta pelos direitos da mulher em diferentes áreas.

Este ano serão homenageadas 10 mulheres que atuaram individualmente, ou enquanto representantes de instituições, nas seguintes categorias: diversidade de áreas de atuação; diversidade racial; e/ou diversidade geracional. A atração da noite será a poetisa, jornalista, escritora, atriz e cantora, Elisa Lucinda.

Campanha 2022 – O lema da campanha deste ano, “Nossas conquistas são históricas e diárias”, vai relembrar fatos históricos como o Direito à Educação (1927), Direito ao Voto (1932) e Direito ao Trabalho sem autorização do marido (1962) e como, apesar dos direitos conquistados, as mulheres ainda não estão em pé de igualdade com os homens perante a sociedade.

Segundo Fernanda, as políticas públicas devem buscar a equidade de gênero, intensificar o enfrentamento às violências contra a mulher e a participação feminina em todos os espaços, entre tantas outras questões. Por isso, a Codim vem trabalhando para garantir direitos e a emancipação da mulher.

“A Lei do Hotel de Passagem e do Programa Auxílio Social para mulheres em situação de violência, o Programa Dignidade Menstrual e o Projeto Mulher Líder coloca Niterói na vanguarda das políticas públicas a favor das mulheres. Os marcos históricos nos fazem lembrar que podemos e devemos todos os dias avançar juntas”, destacou a secretária.

Programação do Festival Mulher, da Prefeitura de Niterói

Terça-feira (8) – abertura do evento

19h – Roda de conversa ‘A mulher no século XXI: Conquistas e Desafios’ com a atriz Mônica Martelli e a cantora Preta Gil

  • Na sequência, Baile da Preta

Quarta-feira (9)

19h – Roda de conversa ‘Papéis de gênero na sociedade: Qual o lugar que a mulher ocupa?’ com a ativista Luana Génot e da cantora Ana Cañas

  • Na sequência, show ‘Ana Cañas canta Belchior’

Quinta-feira (10)

18h – Premiação para 55 servidoras da Prefeitura de Niterói por contribuírem para a gestão pública da cidade

  • Na sequência, show de Mona Vilardo

Sexta-feira (11), às 20h

20h – Show de Sandra Sá

Quarta-feira (30)

18h – Entrega do Prêmio Inês Etienne Romeu que homenageia mulheres que se destacaram em suas atividades e participaram da luta pelos direitos da mulher em diferentes áreas

  • Show de Elisa Lucinda com participação do maestro Luís Filipe de Lima

Todas as atividades são gratuitas, abertas ao público, sujeitas a lotação, com uso obrigatório de máscaras e apresentação do comprovante de vacina. Será necessário reservar os ingressos pela plataforma Sympla. Cada CPF poderá retirar dois ingressos.

O Festival Mulher vai acontecer na Sala Nelson Pereira dos Santos (Av. Visconde do Rio Branco, 880 – São Domingos).

Foto: Divulgação

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Compartilhe esta matéria:

Quer anunciar no jornal Diário de Niterói? Clique aqui e fale diretamente com nosso atendimento publicitário.




Publicidade


Top