Acompanhe nossas redes sociais

Maricá promove encontro de enfermagem



Iniciativa da Secretaria de Saúde homenageou enfermeiros, técnicos e assistentes de enfermagem, com mesas redondas e capacitação

A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, promoveu nesta sexta-feira (20/05), o VI Encontro de Enfermagem de Maricá, com o tema “Enfermagem, uma voz para liderar – Investimento na Enfermagem em respeito aos seus direitos para garantir a saúde global”. O evento simboliza a Semana Municipal de Enfermagem e foi realizado em parceria com o Movimento dos Ativistas da Enfermagem Brasileira (MAE), abordando a vivência dos profissionais da área, os maiores desafios enfrentados no dia a dia, além de homenagear enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem — principalmente pelo empenho na luta contra a covid-19.

A atividade ocorreu no auditório da Igreja Batista Atos 2, em Itapeba, e contou com a presença de profissionais da área da enfermagem das Unidades de Saúde da Família (USFs) de Maricá, dos hospitais municipais Conde Modesto Leal (no Centro) e Dr. Ernesto Che Guevara (em São José do Imbassaí), assim como da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Inoã e Posto Santa Rita, em Itaipuaçu. Também estiveram presentes profissionais do Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro (Coren-RJ); a deputada estadual e enfermeira Rejane de Almeida, membro da comissão de Saúde da Alerj; além do presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Maricá, vereador Richard Alter.

A secretária de Saúde, Solange Oliveira, deixou uma mensagem para os presentes, homenageando a luta histórica dos profissionais da enfermagem e o trabalho deles em Maricá.

“Quando alguém faz a opção por cuidar do outro está exercendo a empatia no seu maior grau. O trabalho dos profissionais de enfermagem é maravilhoso, especial e essencial, e isso foi evidenciado durante a crise sanitária. Esse período mostrou que a atuação dessas equipes é fundamental, determinante para qualquer enfrentamento e isso não pode ser esquecido. É o momento de cobrar o justo: a valorização do profissional de enfermagem, nas suas jornadas, condições de trabalho e na remuneração digna. Parabéns pela semana dedicada e pela luta histórica pela saúde”, afirmou.

Encontro uniu mobilização e troca de conhecimentos

O evento foi aberto com Jô Borges, que entoou o hino nacional, seguindo com a cerimônia do acender da lâmpada — rito símbolo da enfermagem. A primeira mesa de discussões teve início com o tema “O Futuro da Enfermagem e seus Avanços”, apresentando perspectivas para a atuação dos profissionais da área, principais conquistas obtidas nos últimos anos e os desafios que ainda precisam ser enfrentados. A enfermeira Luana Rodrigues, subsecretária da Rede de Atenção e Saúde Coletiva, participou da mesa e assegurou que o evento é uma ferramenta para reconhecer a importância dos profissionais da enfermagem, ressaltando o papel da organização e da humanização nesse processo.

“Enfermagem é ocupar espaços e ter enfermeiros na gestão é uma forma de reconhecer a importância dos profissionais da área. É fundamental nos unirmos e nos organizarmos, lutando pela valorização profissional com responsabilidade. Assumimos nosso papel através do conhecimento e devemos pontuar os avanços tecnológicos que contribuem para nossa atuação,  mas nunca devemos perder a essência do nosso trabalho, que é o cuidado ao próximo”, salientou.

Shirley Linhares, coordenadora de Atenção Primária à Saúde, destacou o simbolismo do encontro, unindo reconhecimento à luta dos profissionais da enfermagem e valorização da área.

“Esse evento marca o fortalecimento da enfermagem no Brasil e, principalmente, em Maricá. Durante momentos difíceis da pandemia, esses profissionais foram extremamente presentes, logo o encontro é uma maneira de agradecer por todo o trabalho que eles vêm desenvolvendo para a população. Além disso, com a atividade, simbolizamos o Dia do Enfermeiro (12/05), e o Dia do Técnico de Enfermagem, celebrado em 20/05”, reforçou.

Ao final da manhã, foram entregues moções a profissionais da enfermagem e pessoas que simbolizam a luta pela valorização profissional da categoria.

Mesa redonda e capacitação marcam as atividades da tarde

O evento continuou, à tarde, com a mesa redonda “O processo de formação em Enfermagem: caminhos para a valorização do trabalho e construção de uma sociedade inclusiva”, promovendo diálogos integrativos entre os processos de formação profissional e políticas de valorização à área da enfermagem.

Depois, encerrando o encontro, os presentes puderam adquirir novos conhecimentos e ter contato com diferentes práticas relacionadas à enfermagem no “Capacita Coren-RJ”, iniciativa do Conselho Regional de Enfermagem que oferece capacitações aos profissionais em várias frentes.

Homenagem à enfermagem também na Rede de Urgência e Emergência

Outra atividade que celebrou a Semana Municipal de Enfermagem foi promovida na quinta-feira (19), com uma noite de homenagens a enfermeiros e técnicos de enfermagem das unidades de saúde da Rede de Urgência e Emergência (RUE), que contou com a entrega de troféus aos profissionais. O evento foi realizado na Fazenda Pública Joaquín Piñero (no Espraiado), em parceiria com as secretarias de Agricultura, Cultura e Turismo.

Foto: Marcos Fabrício

ComentáriosOs comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Compartilhe esta matéria:

Quer anunciar no jornal Diário de Niterói? Clique aqui e fale diretamente com nosso atendimento publicitário.




Publicidade
Top