Acompanhe nossas redes sociais

Maricá tem saldo positivo de empregos



As políticas de apoio socioeconômico implementadas no município pela Prefeitura de Maricá como enfrentamento aos transtornos econômicos provocados pela pandemia da Covid-19, continuam trazendo reflexos positivos nos números a partir de novas vagas formais criadas. De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta semana pelo Ministério da Economia, a cidade obteve saldo positivo de 899 novas vagas formais de trabalho registradas no mês de maio, com 1.384 admissões e 485 demissões. Trata-se de um dos melhores índices já registrados pela cidade desde o início do acompanhamento da série histórica. Vale destacar que a cidade fechou 2020 com 7% a mais em crescimento positivo. 

No acumulado dos últimos 12 meses, o resultado também é expressivo: entre maio de 2020 e abril deste ano, período de crise econômica aguda quando milhares de vagas e empreendimentos foram fechados, Maricá somou 2.651 postos de trabalho a mais, numa variação relativa de 15,45%.

“Os números reforçam a importância de todos os programas econômicos executados no município. Conseguimos proteger cada setor da sociedade fazendo com que a ciranda da economia continuasse girando e, consequentemente, conseguimos que empregos fossem protegidos e criados mesmo durante a pandemia”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Comércio, Indústria, Petróleo e Portos, Igor Sardinha. 

Inserida neste contexto de ter novas oportunidades criadas graças aos programas de suporte econômico está a auxiliar de serviços gerais Sônia de Castro Ferreira, de 55 anos. Após se ver obrigada a ter de fechar seu pequeno restaurante por falta de clientes em razão do isolamento social como medida de contenção do avanço do vírus e não conseguir mais pagar o aluguel, ela obteve uma nova oportunidade em uma pousada no centro da cidade. 

“Se não fosse esse emprego, estaria em uma situação bem difícil igual a muitos que estão por aí que não tiveram a oportunidade de ter uma pessoa que me abraçou nesse momento difícil”, disse a funcionária contratada há quatro meses. 

O levantamento do Caged apontou que o município de Maricá possui uma variação média mensal superior aos números do Brasil, da Região Sudeste e do Estado do Rio de Janeiro. Considerando somente os cinco primeiros meses de 2021, bem como nos últimos 12 meses, Maricá possui a melhor variação relativa nos municípios acima de 100 mil habitantes no Estado do Rio de Janeiro. 

Comparando a realidade dos municípios vizinhos, a cidade segue em uma posição privilegiada com uma variação relativa nove vezes maior do que Niterói e São Gonçalo e 15 vezes maior do que Saquarema, nos primeiros cinco meses do ano. Já o município de Itaboraí teve uma variação negativa de – 0,4%, o que deixa a região em sinal de alerta.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Compartilhe esta matéria:

Quer anunciar no jornal Diário de Niterói? Clique aqui e fale diretamente com nosso atendimento publicitário.




Publicidade


Top