Acompanhe nossas redes sociais

Niterói apresenta na Firjan plataforma Novos Negócios



Ferramenta permite que empreendedor pesquise uma série de dados relativos à abertura e à viabilidade do seu futuro negócio na cidade

Na manhã desta quarta-feira (2), o prefeito de Niterói, Axel Grael, apresentou a plataforma digital Novos Negócios para a diretoria da Firjan Leste Fluminense. Desenvolvida e lançada pelo município recentemente, a ferramenta gratuita tem como objetivo desburocratizar e ajudar no desenvolvimento de novos negócios na cidade, e permite que o empreendedor pesquise uma série de dados relativos à abertura e à viabilidade do seu futuro negócio. A plataforma pode ser acessada pelo https://arcg.is/iH8Wj.

Durante a apresentação, Axel Grael destacou que o uso de ferramentas online é uma tendência que veio para ficar, e que a Prefeitura de Niterói está investindo em ações para a retomada da economia no pós-pandemia. De acordo com ele, a ferramenta contribui para a tomada de decisões com mais segurança, e o encontro com a diretoria da Firjan visa a ampliação da divulgação da plataforma digital junto aos empreendedores.

“Em julho, chegaremos a R$ 1 bilhão investidos em programas sociais e de apoio às empresas da cidade. São ações que protegem as famílias que mais precisam, ajudam a preservar os empregos e a manter a economia de pé. Estamos avançando na vacinação contra a Covid-19 e também trabalhando na retomada da economia. Essas são ações que nos permitirão ter vantagem competitiva em relação a outros municípios, e esta ferramenta é um instrumento que vai nos ajudar a atrair mais investimentos para a cidade. Já conversamos com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e agora buscamos a Firjan”, enfatizou o prefeito.

O presidente da Representação Leste Fluminense da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), Luiz Césio Caetano, disse que será possível contribuir com a divulgação desta ferramenta através dos nove Conselhos Regionais que a Firjan tem no Estado do Rio, e que irá alinhar estratégias junto à Prefeitura para esta ação.

“Todos os municípios gostariam de ter uma ferramenta desta para mostrar a cidade no sentido de atrair novos investimentos, novos negócios e novas oportunidades para os moradores. É um recurso que a cidade coloca à disposição dos interessados e isso mostra a capacidade de gestão que o município tem”, afirmou.

O diretor regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e superintendente do Serviço Social da Indústria, Alexandre dos Reis, reforçou que não existe desenvolvimento econômico sem novos empreendedores e frisou que Niterói está no caminho certo.

“Esse é o ponto de partida para esse mundo da digitalização da gestão pública. O desenvolvimento econômico, o retorno do fluxo de recursos dentro da cidade passa por essa plataforma. A cidade passa a ter uma facilidade para atrair novos investidores e empreendedores”, pontuou.

A plataforma

 Com a plataforma digital Novos Negócios, construída pela equipe do Sistema de Gestão da Geoinformação (SIGeo), do Escritório de Gestão de Projetos do Município, os interessados em iniciar um negócio na cidade podem consultar as informações remotamente para uma análise preliminar, sem precisar se deslocar até a Prefeitura. Os dados disponíveis contemplam zoneamentos, legislações, localização de empresas e equipamentos públicos e privados, possibilitando ao empreendedor potencial o apoio necessário ao seu estudo de viabilidade para abertura de uma empresa na área escolhida através de uma consulta avançada à legislação municipal vigente e aos seus dados geográficos.

A ferramenta tem como finalidade consulta e cruzamento de dados espaciais georreferenciados do banco de dados do SIGeo, e conta com informações atualizadas das Secretarias de Urbanismo, Fazenda, Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, entre outras. Novos Negócios traz, também, um site contendo o story map da cidade, que tem a apresentação de informações mais dinâmicas para usuários que não conhecem Niterói, fazendo com que tenham acesso a estatísticas da cidade, principalmente nos setores motores de desenvolvimento.

Para facilitar o uso, estão disponíveis também tutoriais com o objetivo de auxiliar o manuseio das buscas, aplicação de filtros e extração das análises. A ferramenta não substitui a extração de um documento oficial de viabilidade na implementação dos processos para a abertura de um empreendimento.

Foto: Bruno Eduardo Alves  

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Compartilhe esta matéria:

Quer anunciar no jornal Diário de Niterói? Clique aqui e fale diretamente com nosso atendimento publicitário.




Top