Acompanhe nossas redes sociais

Niterói reafirma compromisso em zerar emissões líquidas de carbono até 2050



A Prefeitura de Niterói reafirmou, nesta quarta-feira (04), a adesão ao pacto “Race To Zero”, uma iniciativa da Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas (COP26) para zerar a emissão líquida de gases do efeito estufa até 2050. A campanha global reúne lideranças para uma recuperação saudável, resiliente e zero de carbono, que evite ameaças futuras, crie empregos e desbloqueie um crescimento inclusivo e sustentável. Niterói faz parte do grupo de 12 cidades e quatro estados que integram o pacto e foi a única cidade do Estado do Rio a participar do evento “Corrida Ao Zero”.

De acordo com o inventário de gases de efeito estufa (GEE’s) da cidade, de 2016 a 2018 Niterói teve queda de 18% na quantidade de emissões. O prefeito de Niterói, Axel Grael, destacou que a cidade é pioneira na implementação de políticas para neutralizar a emissão de carbono em prédios públicos. O Getulinho será o primeiro hospital municipal neutro em carbono do Brasil.

“A prevenção, adaptação e mitigação dos danos com relação às mudanças climáticas, que já vêm apresentando forte impacto em todo o mundo, é uma questão urgente. Niterói continua seguindo a tradição de vanguarda, inovação e do compromisso com a sustentabilidade”, pontuou.

Nesta quarta, o presidente designado da COP26, Alok Sharma, recebeu governadores, prefeitos e líderes empresariais para celebrar os compromissos coletivos da campanha Race to Zero no Brasil. O secretário municipal do Clima de Niterói, Luciano Paez, representou a cidade no evento e reafirmou o compromisso em zerar as emissões líquidas de carbono até 2050. Ele defendeu que o convite para Niterói participar do pacto mostra o pioneirismo com que a cidade trata do tema.

“Representar a Prefeitura de Niterói em um evento desta importância mundial é uma honra. Mas não foi à toa que a cidade foi convidada a participar. Ações e projetos ligados às adaptações de Niterói aos eventos extremos, como contenção de encostas, reflorestamentos, criação de unidades de conservação, investimentos em vias de circulação mais eficientes tanto para carros quanto para bicicletas são alguns dos exemplos da agenda climática que vem sendo implementada no município nos últimos anos”, disse.

O pacto

O objetivo da Race To Zero é criar impulso em torno da mudança para uma economia descarbonizada antes da COP26, onde os governos devem fortalecer suas contribuições para o Acordo de Paris. Isso enviará aos participantes da conferência um sinal de que empresas, cidades, regiões e investidores estão unidos para cumprir as metas de Paris e criar uma economia mais inclusiva e resiliente. A COP26 deste ano está chamando a atenção do quão importante é que municípios pelo mundo se engajem na agenda climática mundial.

O evento, que foi realizado de forma híbrida, contou com a presença do Embaixador do Reino Unido no Brasil, Peter Wilson, e teve a participação online de Gonzalo Muñoz, líder da Campanha Race to Zero e da Ação Climática da Conferência das Nações Unidas sobre Mudança do Clima.

Foto: Ana Clara Cavalcante

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Compartilhe esta matéria:

Quer anunciar no jornal Diário de Niterói? Clique aqui e fale diretamente com nosso atendimento publicitário.




Publicidade


Top