Acompanhe nossas redes sociais

Prefeitura de Niterói desenvolve projetos para contenção de encostas em Petrópolis



O objetivo é que a gestão da cidade serrana consiga captar recursos, na ordem dos R$ 180 milhões, para realizar as obras

 A Prefeitura de Niterói entregou, nesta segunda-feira (13), para a gestão de Petrópolis, um estudo com projetos para contenção de encostas e obras de infraestrutura para a cidade serrana. O objetivo é que, com os projetos prontos, a gestão de Petrópolis consiga captar recursos, na ordem dos R$ 180 milhões, para realizar as obras. Os projetos foram feitos pelos engenheiros da Empresa Municipal de Moradia Urbanização e Saneamento (Emusa) com apoio da Secretaria Municipal de Defesa Civil e Geotecnia de Niterói.
Participaram da reunião o vice-prefeito de Niterói, Paulo Bagueira, o presidente da Emusa, Paulo César Carrera, o secretário de Defesa Civil, tentente-coronel Walace Medeiros, e Rodrigo Neves, representando o prefeito de Aracaju e presidente da Frente Nacional de Prefeitos Edvaldo Nogueira.

“Niterói possui muita experiência no planejamento e na realização de grandes obras de contenção de encostas. Temos muito orgulho de poder ajudar Petrópolis com a nossa expertise”, destacou Bagueira.

O prefeito de Petrópolis, Rubens Bomtempo, agradeceu a parceria de Niterói, com uma ajuda fundamental nas forças de resposta. A cidade viveu a maior tragédia de sua história em 15 de fevereiro, quando as fortes chuvas causaram uma série de deslizamentos e enchentes, que deixaram mais de 200 mortos e 600 desabrigados.

“Na época, falamos ao prefeito Axel Grael que iríamos precisar muito de projetos para reestruturar Petrópolis. Estamos trabalhando para a cidade voltar a funcionar plenamente, com segurança”, disse.

Auxílio à Petrópolis

Desde fevereiro, quando ocorreram as fortes chuvas na cidade, Niterói vem auxiliando o governo municipal de Petrópolis. Os niteroienses se mobilizaram e doaram toneladas de produtos de gênero alimentício, água e itens de higiene e limpeza, além de ração animal.

Uma equipe formada por especialistas em mapeamento de encostas e de grandes áreas sujeitas a deslizamentos, técnicos em engenharia e geologia que participaram do resgate e socorro emergencial em enchentes recentes, estiveram na cidade para dar apoio às equipes locais no trabalho de resgate das vítimas da enchente. A equipe ainda auxiliou na avaliação das áreas atingidas e fez vistorias nas estruturas atingidas. Engenheiros civis, que são preparados para fazer a avaliação dos imóveis atingidos parcialmente pelos deslizamentos estiveram no local para aferir se eles estavam aptos a serem ocupados ou não.

A Prefeitura de Niterói também montou uma Força-Tarefa com mais de 200 trabalhadores, caminhão-pipa com jato d’água, maquinário e equipamentos, que atuaram nas regiões mais atingidas e, principalmente, no centro histórico da cidade imperial na limpeza e liberação das ruas. Estiveram presentes funcionários da Companhia de Limpeza Urbana de Niterói (Clin), da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (Seconser) e agentes da NitTrans que ajudaram na organização do trânsito durante a operação. Assistentes sociais e psicólogos da Secretaria Municipal de Assistência Social e Economia Solidária (Smases) também estiveram em Petrópolis para prestar atendimento aos atingidos pelas chuvas que assolaram a cidade, prestando apoio técnico e profissional para amenizar o sofrimento dos atingidos e orientando as vítimas.

Foto: Divulgação

ComentáriosOs comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Compartilhe esta matéria:

Quer anunciar no jornal Diário de Niterói? Clique aqui e fale diretamente com nosso atendimento publicitário.




Publicidade
Top