Acompanhe nossas redes sociais

Campanha de doação: Saiba como ajudar



Ação “Niterói Solidária” estimula pessoas que vão se vacinar a partir de sexta-feira a doarem alimentos não perecíveis ou itens de higiene e limpeza. Distribuição será feita por entidades da sociedade civil

Prefeitura de Niterói lança campanha de doação em postos de vacinação. Foto: EBC

A Prefeitura de Niterói lançou, nesta quarta-feira (07), a campanha “Niterói Solidária” para arrecadar alimentos e produtos de higiene e limpeza nos pontos de vacinação contra a Covid-19. A iniciativa, coordenada de forma voluntária pela primeira-dama, Christa Grael, estimula as pessoas que forem se vacinar a fazer uma doação para a população em maior vulnerabilidade social da cidade. A partir desta sexta-feira (09), os pontos de vacinação da cidade estão prontos para receber as doações.

Desde abril de 2020, a Prefeitura de Niterói investiu R$ 600 milhões em medidas para reduzir os efeitos sociais e econômicos da pandemia. Os programas Renda Básica Temporária e Busca Ativa, que beneficiam cerca de 50 mil famílias niteroienses com um auxílio de R$ 500 por mês, foram prorrogados até julho. Os Microempreendedores Individuais (MEIs), assim como os taxistas e motoristas de vans escolares também são beneficiados com um auxílio de R$ 500. Mesmo assim, Niterói, inevitavelmente, se insere no contexto geral de crise. De acordo com dados de março da Fundação Getulio Vargas (FGV), 12,8% da população brasileira está abaixo da linha de pobreza extrema, vivendo com renda de R$ 246/ mês.

“Nós temos recebido pedidos de pessoas que gostariam de contribuir com doações para ajudar as famílias mais necessitadas do nosso município. E o programa Niterói Solidária será uma oportunidade para que a Prefeitura e a sociedade possam unir esforços para superarmos esse momento de dificuldade”, afirmou o prefeito de Niterói, Axel Grael.

A campanha “Niterói Solidária” tem como público-alvo pessoas que não se enquadram nos benefícios disponibilizados pelo Município. A distribuição do material arrecadado ficará a cargo das instituições parceiras no projeto, como representantes da Cruz Vermelha, escoteiros e voluntários da Defesa Civil de Niterói, com o apoio de servidores e das Secretarias Regionais. A primeira-dama, Christa Vogel Grael, frisou que poderão ser doados alimentos não-perecíveis, itens de higiene pessoal e material de limpeza.

“Entendemos que essa é uma forma de a população auxiliar, de forma voluntária, as famílias da nossa cidade. Todos os postos de vacinação estarão aptos a receber essas doações a partir do dia 9, e nós faremos a ponte para que cheguem àqueles que mais precisam. O niteroiense sempre abraça muito as causas de solidariedade com o próximo e tenho certeza de que dessa vez não será diferente”, disse Christa Vogel Grael.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Compartilhe esta matéria:

Quer anunciar no jornal Diário de Niterói? Clique aqui e fale diretamente com nosso atendimento publicitário.




Publicidade


Top