Acompanhe nossas redes sociais

Saúde de Niterói é destaque em ranking de cidades inteligentes



Leitos e médicos por habitantes; cobertura do Médico de Família; volume de despesa com saúde; e índice de mortalidade infantil. Esses são alguns dos indicadores que contribuiram para o 6º lugar em saúde, conquistado por Niterói entre todas as cidades com mais de 50 mil habitantes na 5ª edição do Ranking Connected Smart Cities. O relatório, divulgado nesta terça-feira (17), pela consultoria Urban Systems, traz indicadores que qualificam os locais mais inteligentes e conectados do país. A conquista segue um progresso contínuo, já que em 2017 a Saúde de Niterói estava na 37ª posição e em 2018 na 19ª, chegando ao sexto lugar este ano.

“É o resultado do nosso trabalho constante de preservar o que já conquistamos no SUS e de aprimorar ainda mais”, comemorou a secretária de municipal de Saúde Maria Célia Vasconcellos. “Durante nossa gestão, reformamos e readequamos unidades da atenção básica, chegamos a 80% de cobertura do médico de família – encaminhando para 90% –, reabrimos e modernizamos o Getulinho, que hoje atende mais de 7 mil crianças por mês, e estamos evoluindo com grandes projetos, como a reforma da maternidade Alzira Reis e a construção do Centro de Diagnóstico por Imagem no Hospital Carlos Tortelly”, disse a secretária.

Secretária de Saúde, Maria Célia Vasconcellos. Foto: Luciana Carneiro

Maria Célia explica, ainda, que está sendo feito um grande investimento em tecnologia da informação nas unidades.

“Já informatizamos todas as salas de vacina do município e agora estamos avançando com o prontuário eletrônico que vai preservar, em um sistema seguro, todo o histórico do usuário nas consultas, exames e procedimentos feitos no SUS. Vamos continuar avançando na qualificação da rede de saúde”, afirma a secretária.

O ranking leva em conta outros resultados como a presença de ciclovias também apontada como política de saúde, relacionada com a mobilidade e acessibilidade. Além do saneamento, que em Niterói já atinge nível próximo de 100%, a coleta de resíduos sólidos também é outro indicador que conjuga o meio ambiente com a saúde enquanto política de prevenção.

Considerando todos os quesitos, no ranking geral Connect Smart Cities, Niterói está no primeiro lugar do Estado do Rio e na décimo segunda posição nacional.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Compartilhe esta matéria:

Quer anunciar no jornal Diário de Niterói? Clique aqui e fale diretamente com nosso atendimento publicitário.




Publicidade


Top