Acompanhe nossas redes sociais

Semana movimentada para a área de tecnologia em Niterói



Workshop sobre Blockchain

A Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Informação (SMCTI) de Niterói promove na próxima quarta-feira (20) um workshop sobre Blockchain, na Plataforma Urbana da Engenhoca, às 13h. Serão apresentados detalhes desta tecnologia que valida dados e fornece segurança das transações com criptoativos. O mercado para profissionais que dominam o assunto está em expansão. O uso de Blockchain irá possibilitar que organizações públicas estruturem serviços e potencializem a transparência.

A partir das 14h, a página www.facebook.com/SMCTI/ irá transmitir o Webinar “Imersão em Blockchain”, onde serão discutidas e abordadas ideias e soluções voltadas a blockchain que possam potencializar a gestão e os serviços públicos. Temas como “Blockchain na Gestão pública”, “Smart Contracts” e “A carreira de desenvolvedor de Blockchain” serão apresentados por profissionais de referência na área, como a especialista em Blockchain e Criptomoeda, Helena Margarido, e a coordenadora da Comissão de Estudo de Software, Tecnologia e Proteção de Dados da ABPI, especialista em Aplicações e Inovações Empresariais de Blockchain pelo MIT, Co-host do Podcast “Panorama Regulatória” no portal Future of Money, da Revista Exame, pesquisadora e professora, Thamilla Talarico.

O evento faz parte do Mês da Ciência, Tecnologia e Inovação de Niterói, que este ano tem como tema “A transversalidade da ciência, tecnologia e inovações para o planeta”.  Dentre os objetivos dos eventos preparados pela SMCTI estão cooperação, articulação, interação, troca de informação, transferência de tecnologia, multilateralismo, superação de limites e reafirmação do compromisso com a vida no planeta.

O secretário Municipal de Ciência e Tecnologia e Inovação, Caio Vianna, destaca a importância dos eventos do Mês da Ciência, Tecnologia e Inovação.

“Estamos dando mais um passo no fortalecimento da Ciência e seguindo no desenvolvimento do conceito de cidade inovadora. É fundamental utilizarmos desse importante instrumento para debatermos e criarmos políticas de inovação para a gestão pública que garantam uma qualidade de vida superior para os nossos munícipes”, disse.

A subsecretária de Ciência e Tecnologia e Inovação e coordenadora do Mês da Ciência, Adriana Neves Barreto de Lima, lembra que Niterói tem um mês inteiro dedicado à Ciência e Tecnologia desde 2004.

“Niterói, desde a primeira edição da SNCT, em 2004, desenvolve várias atividades em uma programação extensa que se desdobrou em Mês da Ciência, Tecnologia e Inovação, a partir de 2018. Selecionamos os melhores representantes e especialistas de cada área para trazer suas experiências aos nossos jovens”, ressalta Adriana Neves.

LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados)

Nos dias 21 e 22, das 9h às 13h, no Caminho Niemeyer, acontece o workshop sobre Adequação Municipal à LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados). O objetivo deste workshop é debater os principais pontos em que a LGPD pode impactar o governo municipal de Niterói, apontando as responsabilidades dos gestores públicos e as possibilidades de sanção que a lei apresenta. Este workshop é fruto de uma parceria entre a Prefeitura, através da SMCTI, com o grupo de pesquisa Tutela de Dados Pessoais, cadastrado no CNPq, coordenado pelos professores Plinio Lacerda Martins e Sérgio Gustavo de Mattos Pauseiro, vinculado à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal Fluminense.

Niterói Game Conf

O dia 26 será movimentado com a chegada do Niterói Game Conf que vai fomentar na cidade de Niterói uma discussão em torno dos desafios da atual indústria de games no cenário nacional. Essa área vem se destacando na economia nacional e internacional e na geração de empregos.

O evento trará reflexões como: Qual o papel do governo no incentivo a geração de novas empresas e no desenvolvimento de novas franquias? Quais os mecanismos para criar ambientes de inovação que possam potencializar a geração de mão de obra qualificada e a oferta de novos empregos no setor de games? Serão realizados painéis de debates, seguidos de talk-shows com produtoras e empresas do setor de games e audiovisual sobre os temas: Ambientes Inovadores e o fortalecimento da indústria de games, O gap de desenvolvedores no Brasil na área de games, Games na educação: de antagonistas a grandes aliados e A presença feminina na indústria. O evento conta com um site para mais informações: niteroigameconf.com.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Compartilhe esta matéria:

Quer anunciar no jornal Diário de Niterói? Clique aqui e fale diretamente com nosso atendimento publicitário.




Publicidade


Top