Acompanhe nossas redes sociais

Educação inaugura Laboratório de Mídias Educacionais



Espaço conta com estúdio para gravação de conteúdo para Portal de Educação e cursos de capacitação profissional

A Secretaria Municipal de Educação e a Fundação Municipal de Educação inauguraram o Laboratório de Mídias Educacionais de Niterói (eLab) em cerimônia nesta terça-feira (11), no auditório Darcy Ribeiro, no Centro. O espaço é uma iniciativa prevista no Plano de Retomada das Aulas e conta com um estúdio de gravação para os professores que vai oferecer também diversos cursos de capacitação profissional para elevar a qualidade da educação on-line na rede municipal. Os conteúdos pedagógicos gravados serão publicados na plataforma Niterói em Rede.


O prefeito Axel Grael exaltou o pioneirismo de Niterói na elaboração de políticas públicas de tecnologia para a educação. Essas ações que visam a inclusão digital de toda a rede serão fundamentais para a sociedade pós-Covid-19.


“Niterói tem uma boa estrutura e rede de escolas, agora estamos avançando no projeto pedagógico do uso da tecnologia. É muito importante que, nesses tempos em que usamos muito o celular, a tecnologia seja usada para atrair a atenção dos alunos. O desafio é enorme, mas sairemos da pandemia em um mundo mais tecnológico, solidário, e que precisaremos avançar também na superação das diferenças sociais. Tenho certeza que com essas ferramentas que estão sendo implementadas, estamos contribuindo muito para a formação dos nossos alunos”, afirmou o prefeito.

Tecnologia


O secretário de Educação, Vinicius Wu, ressaltou a importância da inauguração do Laboratório de Mídias Educacionais no apoio aos profissionais. O estúdio conta com equipamentos de qualidade e uma equipe de profissionais especializados, com roteiristas, editores e diretores. Também serão oferecidas formações e capacitações para os profissionais da educação, incluindo cursos voltados à tecnologia.


“É um período de recomeço do ano letivo, de ressignificação dos espaços escolares e de construção do que será a escola do futuro. Já asseguramos o auxílio de até R$ 1,5 mil para que os profissionais comprem computadores, notebooks ou tablets para apoiar o trabalho no ensino remoto. Para os alunos, estamos em fase de aquisição dos tablets”, afirmou o secretário de Educação.

Edital

Para viabilizar os projetos, será lançado um edital interno para os professores gravarem os conteúdos relacionados ao currículo pedagógico emergencial e aos cadernos pedagógicos “Caminhos da Aprendizagem”. O material, voltado para os alunos do Ensino Fundamental, foi produzido pelos profissionais da rede e será utilizado como apoio ao ensino remoto.


“Passamos por um momento muito difícil e histórico e Niterói está implementando políticas públicas para amenizar os efeitos da pandemia. Os profissionais da rede fizeram um trabalho brilhante no ano passado e agora estamos dando mais oportunidade a eles e aos alunos com as ações de inclusão digital”, afirmou o presidente da FME, Fernando Cruz.


“O laboratório foi concebido para ser uma experiência a base de ações formativas que elevem a qualidade do nosso ensino e da nossa educação municipal. Vamos oferecer cursos de formação para professores, além de cursos livres para toda rede, como cursos de posicionamento, cursos de captação de áudio e vídeo e iluminação, para que nossa produção seja da melhor qualidade”, reforçou o subsecretário de Projetos Transversais, Cooperação e Articulação Institucional, Thiago Risso.

Responsável pelo projeto de sustentabilidade da Enel Distribuição Rio, Leonardo dos Santos Oliveira, acrescentou que iniciativas como essa auxiliam no processo de recuperação da aprendizagem dos alunos e dão suporte aos professores.


“A pandemia traz a necessidade de desenvolvermos projetos do ponto de vista tecnológico. Estamos avançando muito em relação ao ensino remoto e ao ensino a distância. A educação não pode ficar para trás. Ela move a sociedade, é um instrumento de desenvolvimento social muito importante”, finalizou.


A cerimônia de lançamento contou também com uma aula inaugural do professor de geografia da rede municipal, João Tristão. Ele gravou uma vídeo aula sobre a importância de estudar geografia. O Laboratório de Mídias Educacionais (eLab) é uma parceria com o projeto Escolas Criativas e Quitanda das Artes, e é financiado pela Enel Distribuição Rio.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Compartilhe esta matéria:

Quer anunciar no jornal Diário de Niterói? Clique aqui e fale diretamente com nosso atendimento publicitário.




Publicidade


Top