Na Rede

Saúde dos pets Tutores de animais estão alarmados com o valor das despesas com veterinários, internações e exames.  Uma simples...

Saúde dos pets

Preço de atendimento nas clínicas veterinárias assustam os tutores de pets.

Tutores de animais estão alarmados com o valor das despesas com veterinários, internações e exames. 

Uma simples consulta com exames solicitados pode chegar a um terço do salário mínimo. Um custo elevado que nem todas as famílias podem arcar. 

A questão é que não existe um Sistema Único de Saúde para animais. Um Projeto de Lei prevendo a criação de um SUS para pets se encontra parado desde 2019 na Câmara Federal. A defesa dessa causa bem que merece ser assumida pelas entidades em defesa dos animais e da sociedade em geral. 

O que acham?

Risada Boa em Niterói

Cadu Manhães e Pierre Rosa. Show de humor em Niterói

Quem gosta de uma boa comédia não pode perder a apresentação do Porão da Comédia no Risada Boa Comedy Club, nesta sexta (13), às 21h. 

A nova opção de humor em Niterói fica dentro da Jones Choperia na Ponta da Areia. 

O Porão da Comédia existe há mais de cinco anos sob o comando dos comediantes Pierre Rosa e Cadu Manhães. Nesta semana de estreia, o espetáculo que tem produção de Pablo Rossken, conta com a participação de Beto Gama, talento de Niterói.

Quem quiser, pode adquirir os ingressos pelo Sympla –  https://www.sympla.com.br/evento/risada-boa-comedy-club-apresenta-porao-da-comedia/1836820 – e na casa, antes do show.

Serviço

Dia: Sextas-feiras, a partir do dia 13 de janeiro.

Hora: 21 horas

Local: JONES CHOPERIA (Rua Barão do Amazonas, 90, Ponta D’Areia – Niterói, RJ)

Ingressos: R$ 20,00

Mostra Manas de Artes Integradas

1ª Mostra Manas de Artes Integradas – EntreVivências. Foto: Divulgação

O Teatro Popular Oscar Niemeyer recebe neste final de semana, a 1ª Mostra Manas de Artes Integradas – EntreVivências. O evento reúne obras artísticas realizadas por mulheres com apresentações de performances, shows, apresentação musical, artes visuais, exibição de filmes e oficinas.

No sábado (14), estão agendados o show “Cantando Novas Histórias Sobre Pessoas Pretas” de Flow Nzinga, a Oficina de Poesia com Preta Poética e a edição do Cine&Manas com a exibição do filme “Uma Paciência Selvagem me trouxe até aqui’, de Érica Sarmet.

No domingo, a artista Samira Marana apresenta o espetáculo “Esgotamento Contínuo”. Ainda no domingo, têm atividades com a Oficina Experimentações com o Barro – Introdução à escultura, com o Ateliê Pytã, que tem origem no Morro do Palácio em Niterói, propondo a construção de objetos-esculturas feitos com argila e materiais reciclados, tendo como objetivo criar estímulos sensoriais, brincadeiras e exercícios de observação. Nos dois dias, o evento contará com instalações artísticas.

Serviço

1º Mostra Manas de Artes Integradas – EntreVivências
Local: Teatro Popular Oscar Niemeyer |R. Jorn. Rogério Coelho Neto, s/n – Centro, Niterói (atrás do Terminal)

Datas: 14 e 15 de Janeiro (sábado e domingo)

Horários: 14 às 22h

Entrada: Gratuita

Classificação: Livre *Exceto a Oficina de Poesia de Preta Poética (12 anos) e o Cineclube Cine&Manas (18 anos)

Tempo fechado

Vandalismo em Brasília. Foto: Agência Brasil

Com a revelação da minuta de decreto que pretendia instaurar estado de defesa na sede do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), o tempo fechou não apenas para o ex-ministro da Justiça Anderson Torres mas para o seu chefe, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

Especialistas ouvidos pelo jornal Folha de São Paulo, avaliam que a minuta representa um indício jurídico que pode pesar contra Torres e Bolsonaro, mas que as reais implicações e efeitos para ambos dependerão dos próximos passos e de outros elementos de prova.

O fato grave revelado pelo documento é o indício de que haveria efetivamente um debate sobre caminhos para dar um golpe.

As tentativas de golpe resultaram em depredações e vandalismo. No domingo (08), grupos de desordeiros promoveram uma destruição nas sedes dos Três Poderes, causando uma corrente de indignação pelo país. Segundo o Datafolha, a maioria da população reprova o vandalismo, com 75,8% da população discordando das ações dos golpistas em Brasília.

Lembrando que os atos de vandalismo dos bens públicos causam imenso prejuízo ao erário público, o que significa que todo o prejuízo é pago pelos contribuintes.

Comentários
Compartilhe esta matéria:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Quer anunciar no jornal Diário de Niterói? Clique aqui e fale diretamente com nosso atendimento publicitário.

Quer enviar uma queixa ou denúncia, ou conteúdo de interesse coletivo, escreva para noticia@diariodeniteroi.com.br ou utilize um dos canais do menu "Contatos".