Acompanhe nossas redes sociais

Na Rede

Eu Amo Niterói Letreiro na Praia de Icaraí foi inaugurado nesta quinta-feira (26). A iniciativa que integra as comemorações dos...


Eu Amo Niterói

Letreiro na Praia de Icaraí foi inaugurado nesta quinta-feira (26). A iniciativa que integra as comemorações dos 450 anos da cidaee é inspirada em equipamentos internacionais e tem por objetivo estimular turistas e visitantes a conhecerem a cidade.

De acordo com a prefeitura , diversas cidades no mundo adotam o letreiro em pontos turísticos para ampliar a visibilidade, principalmente com a chegada das redes sociais: Amsterdam, Nova York, Toreonto, Peru, Montevidéu, Porto e Califórnia. No Brasil, os letreiros são famosos nos municípios de Porto de Galinhas, Maceió, Brasília, Recife, entre outros.

A peça tem como objetivo atrair turistas que visitam o Museu de Arte Contemporânea (MAC) para conhecerem a orla, podendo caminhar pelo local e movimentar a economia da cidade. Segundo dados da Fundação de Artes de Niterói (FAN), desde que foi inaugurado, há 26 anos, mais de 3 milhões de pessoas visitaram o Museu. Mensalmente, o MAC recebe cerca de 13 mil visitantes.

Niterói solidária

Nesta sexta-feira, o prefeito de Niterói, Axel Grael participou de reunião da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) com a ministra dos Povos Indígenas, Sônia Guajajara. A cidade que se organiza para a doação de alimentos a quem vive o drama da fome, também se mobiliza para prestar solidariedade e estudar formas de cooperação das cidades com a causa dos Yanomani.

Vila Indígena

A solidariedade de Niterói tem ainda mais relevância quando se observa o fato do município ter sido fundado pelo índio Arariboia. No twitter, o professor Mário Fialho, lembra que Niterói tinha uma vila indígena e poderia traduzir e ensinar a cultura dos povos originários na cidade. Fica a dica.

Fora da lista

Governador Claudio Castro participou nesta sexta-feira (27) de reunião com o presidente Lula com a tarefa de apresentar 4 projetos de obras de infraestrutura para o governo federal executar. Mas excluiu o projeto da Linha 3 do metrô da lista. Nas redes o Professor Josemar (PSOL), não deixou por menos e criticou o “esquecimento”.

É bom que se diga que a melhoria da mobilidade urbana no Leste Fluminense, além de oferecer transporte com melhor conforto aos usuários, representa crescimento econômico e oportunidades de emprego para os municípios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá.

Comentários
Compartilhe esta matéria:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Quer anunciar no jornal Diário de Niterói? Clique aqui e fale diretamente com nosso atendimento publicitário.

Quer enviar uma queixa ou denúncia, ou conteúdo de interesse coletivo, escreva para noticia@diariodeniteroi.com.br ou utilize um dos canais do menu "Contatos".




Publicidade
Top