Acompanhe nossas redes sociais

Prefeitura inicia terceira fase do Empresa Cidadã



Nova etapa do projeto começa dia 26 e terá  investimento de cerca de R$ 39 milhões para proteger mais 12 mil postos de trabalho

A Prefeitura de Niterói vai abrir as inscrições para a terceira fase do programa Empresa Cidadã na próxima segunda-feira (26). O prefeito de Niterói, Axel Grael, sancionou no último sábado (17) a lei aprovada pela Câmara de Vereadores com a nova etapa do programa, que vai beneficiar empresas, entidades religiosas, organizações sindicais, clubes e entidades filantrópicas que tenham até 49 empregados com o pagamento de um salário mínimo, pelos próximos três meses, para até nove empregados. Espera-se, com a medida, proteger mais 12 mil postos de trabalho, totalizando 24 mil empregos garantidos no município.

As inscrições ficarão abertas até o dia 14 de maio. Para participar, será preciso acessar o site https://empresacidada.niteroi.rj.gov.br , clicar em ‘solicitar adesão’,  preecher o formulário de inscrição; anexar os documentos exigidos (GFIP relativa a abril de 2021; GRF relativa a abril de 2021; Contrato social da empresa; RG do administrador e CPF do administrador) e aceitar o termo de adesão. Os documentos serão conferidos e, caso tudo esteja correto, o empregador receberá um e-mail com o protocolo de atendimento e a confirmação da solicitação.

Diário de Niterói
Fachada da prefeitura antiga

O prefeito de Niterói, Axel Grael, lembrou que nesta segunda a cidade começou o processo de reabertura das atividades de diversos setores produtivos.

“Passamos por três semanas difíceis para todos, em que precisamos implantar medidas de restrições sanitárias para conter a tendência de crescimento do nosso indicador síntese. Com esse fechamento, reduzimos o número de pessoas nas ruas, tendo menos circulação do vírus. Estamos agora constatando a importância de implementar essas medidas. O indicador, que chegou a 12,88 em um momento que nos preocupou muito, na semana passada desceu a 10,38, que é o patamar em que estamos hoje. Conseguimos com isso fazer com que a cidade controlasse a pandemia, ao contrário do que se viu em outros lugares, onde pessoas morreram esperando atendimento nos hospitais. Durante todo este período de crise, estamos protegendo cidadãos em situação de vulnerabilidade social com distribuição de cestas básicas e o Renda Básica Temporária. A Prefeitura também auxilia empresas da cidade com o Empresa Cidadã, que será duplicado. Estamos fazendo um grande esforço para enfrentarmos juntos a Covid-19, da forma mais segura possível”, destacou.

Postos de trabalho devem ser mantidos por 6 meses

A secretária municipal de Fazenda, Marília Ortiz, explicou que as empresas deverão se comprometer a manter os postos de trabalho cadastrados pelo período de seis meses consecutivos à adesão. Dúvidas já podem ser tiradas pelo e-mail duvidas.beneficios@fazenda.niteroi.rj.gov.br.

“A ampliação do Empresa Cidadã era uma grande demanda dos empresários da cidade. Como resposta, o prefeito mandou para a Câmara o projeto de lei aprovado na semana passada para duplicarmos o número de empregos garantidos. Começamos agora o processo de chamamento para entrada no Novo Empresa Cidadã, que vai injetar mais R$ 39 milhões para proteger aproximadamente mais 12 mil postos de trabalho. É um grande esforço para mantermos os empregos, o salário e a dignidade de milhares de niteroienses, além de fomentar a economia da nossa cidade”, pontuou.  

Quem se habilita?

Para se habilitarem, as empresas, entidades religiosas, organizações sindicais, clubes e entidades filantrópicas precisam ter suas atividades suspensas, ainda que parcialmente, por determinação de ato do Poder Público em virtude do período de isolamento social para evitar a disseminação do Covid-19; ter alvará de funcionamento ativo em Niterói, ter até 49 (quarenta e nove) empregados contratados pelo regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) em 1º de março de 2021 e comprometer-se a observar rigorosamente as medidas de isolamento e sanitárias estabelecidas pelo Poder Executivo.

Os empregados escolhidos pelas empresas para serem remunerados pelo programa devem, preferencialmente, ter residência em Niterói. Em contrapartida, as empresas terão que se comprometer a não reduzir postos de trabalho por seis meses a partir da data da adesão.

Além disso, é vedada a participação de empresas e entidades contempladas na 1ª e 2ª fases do Programa Empresa Cidadã de Niterói instituídas pela Lei nº 3.482, de 02 de abril de 2020 e Lei nº 3.496, de 07 de maio de 2020.

Cestas básicas

O calendário de distribuição de cestas básicas pela Prefeitura de Niterói começa na próxima segunda-feira (26) e vai até sexta-feira (30). A distribuição acontece no CIEP Professor Anisio Teixeira, no Fonseca, e no CIEP Esther Botelho Orestes, no Cantagalo. Desde maio de 2020, 111.662 cestas já foram distribuídas para garantir a alimentação da população durante a pandemia.

Tem direito ao benefício as famílias em situação de vulnerabilidade social e risco de desnutrição e que não fazem jus de nenhum outro programa de mitigação dos impactos financeiros da pandemia do novo coronavírus.  A lista com o nome dos beneficiários e o local onde devem buscar sua cesta está disponível no Portal da Transparência da Prefeitura de Niterói no link https://transparencia.niteroi.rj.gov.br/#/cms/48. A entrega será realizada de acordo com a letra inicial do nome para acontecer de forma segura e organizada, evitando aglomeração.

“Além do Renda Básica Temporária, temos este programa de distribuição das cestas. As equipes da Secretaria Municipal de Assistência Social realizaram o cadastro destas pessoas e estão fazendo a distribuição. São cerca de oito mil cestas distribuídas por mês. É muito importante as pessoas seguirem as datas e horários estabelecidos para evitar aglomerações nos pontos de entrega”, enfatiza a secretária municipal de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão, Ellen Benedetti.  

Retomada das atividades

Nesta segunda-feira (19), foi iniciada a retomada das atividades em Niterói após o Período Emergencial de Prevenção à Covid-19. O comércio de rua, shopping centers, academias e salões de beleza puderam reabrir nos horários determinados pelo município, cumprindo os protocolos de distanciamento social e higiene determinados pelo município. Também foram retomadas as aulas presenciais em parte do Ensino Fundamental na rede privada. O secretário municipal de Saúde, Rodrigo Oliveira, destacou que Niterói começou a apresentar diminuição na pressão hospitalar, com melhoria dos índices de monitoramento da Covid-19 no município. Mas voltou a pedir à população que mantenha a cidadania e a empatia.

“Graças à consciência cidadã do niteroiense, foi possível chegarmos a esse momento de transição para o novo normal. Já observamos tendência de redução da taxa de ocupação dos hospitais públicos e privados, com estabilização e tendência de queda do indicador síntese. Mas é importante lembrar que ainda temos um cenário grave no Brasil. É imprescindível que a gente mantenha atenção no cumprimento dos protocolos, com manutenção do distanciamento social. Vamos seguir protegendo a vida e passaremos por mais esse desafio”, disse.

Boletim 

A Secretaria Municipal de Saúde de Niterói informa que o município já tem 31.615 pacientes recuperados da Covid-19. Ao todo, a cidade registra 33.508 casos confirmados da doença e 481 pessoas em isolamento domiciliar sendo acompanhados pela Secretaria. Niterói registra 1.042 óbitos.

Foto: Sob licença de Creative Commons: Emir Zar

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Compartilhe esta matéria:

Quer anunciar no jornal Diário de Niterói? Clique aqui e fale diretamente com nosso atendimento publicitário.




Publicidade


Top