Acompanhe nossas redes sociais

Prefeitura reabre mais nove escolas



Ao todo, já são 22 unidades de ensino. Aulas pela internet continuam

A Prefeitura de Niterói reabriu, nesta segunda-feira (28),  mais nove unidades de ensino da Rede Municipal de Educação. Ao todo, 22 escolas já retornaram às aulas presenciais.  Neste período, as unidades de ensino passaram por obras de reforma e manutenção de infraestrutura e adequação dos espaços para receber os alunos de Educação Infantil e Ensino Fundamental. 

Foram reabertas as escolas municipais Santos Dumont (Bairro de Fátima – 1º e 5º anos), Jacinta Medela (Fonseca – 2º e 5º anos), Ernani Moreira Franco (Fonseca – 2º e 3º anos), Honorina de Carvalho (Pendotiba – 7º e 9º anos), Mestra Fininha (Barreto – 1º ano) e João Brazil (Morro do Castro – 1º, 2º, 3º, 4º e 9º anos). Também retornaram às atividades presenciais as unidades municipais de educação infantil Prof. Írio Molinari (Ilha da Conceição – GREI5), Profª Margareth Flores (São Francisco – GREI5) e Lizete Fernandes Maciel (Jacaré – GREI5).

A retomada segue as medidas sanitárias estabelecidas pelo Plano de Retomada das Aulas, elaborado pela Secretaria Municipal de Educação e a Fundação Municipal de Educação em conjunto com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Para Vinicius Wu, secretário municipal de Educação, “As aulas presenciais são importantes para retomar esse vínculo entre as crianças e os professores, combater o abandono escolar e superar os efeitos da pandemia no processo de ensino-aprendizagem dos nossos alunos. Estamos acompanhando todas as atividades presenciais para garantir as medidas de segurança e proteger a comunidade escolar”, afirmou o secretário.

O presidente da Fundação Municipal de Educação, Fernando Cruz, destaca que as unidades passaram por reformas estruturais e estão adequadas para receber os alunos.

“Realizamos obras de infraestrutura nas unidades para modernizar a rede e também adequamos as escolas aos protocolos sanitários estabelecidos pelo Plano de Retomada das Aulas. Distribuímos equipamentos de proteção de uso individual e coletivo, priorizando a saúde dos profissionais e alunos que estão voltando à aula presencial”, ressaltou.

O ensino híbrido não é obrigatório no município, o formato remoto continuará sendo oferecido de maneira assíncrona. As aulas presenciais terão a duração reduzida, totalizando três horas diárias e limitação máxima de 50% de ocupação das salas. No Ensino Fundamental 1, haverá revezamento semanal. Já na Educação Infantil, as crianças poderão ir para a escola todos os dias e os alunos foram divididos em grupos nos turnos da manhã ou da tarde.

Foto: Divulgação SME/FME

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Compartilhe esta matéria:

Quer anunciar no jornal Diário de Niterói? Clique aqui e fale diretamente com nosso atendimento publicitário.




Publicidade


Top