Acompanhe nossas redes sociais

Gabriella Marinho apresenta oficina de introdução à cerâmica no Arte na Rede



Gabriela de Almeida Marinho. Foto: divulgação

Por conta da pandemia de coronavírus, os niteroienses que costumam prestigiar os espaços públicos de cultura acompanham com interesse a programação virtual oferecida pela Secretaria Municipal das Culturas e Fundação de Arte de Niterói. Entre os programas oferecidos, está o “Arte na Rede” que recebe nesta sexta-feira, a artista Gabriela Marinho apresentando a oficina virtual de introdução à cerâmica: “argila, sustentabilidade e ancestralidade”. Gabriella é ceramista, moradora de São Gonçalo, tem graduação em Comunicação Social e especialização em Literaturas Africanas. Sua oficina aborda o contraponto entre tecnologia ancestral, industrialização e padronização de feituras que corriqueiramente perdem traços identitários e culturais. Fala também da importância que o manuseio do barro tem na história como a cerâmica se torna algo essencial para o cotidiano da humanidade.

Gabriella tem 26 anos e pesquisa a arte da cerâmica e sua relação com a história da arte de países africanos desde 2016, quando abriu o Ateliê Kianda, no Jardim Catarina, em São Gonçalo. Desde então, já produziu peças artísticas e utilitárias desenvolvendo diversas técnicas manuais e participou de exposições coletivas no Rio de Janeiro, Cabo Frio e Argentina. “Desde o início tive como intuito desenvolver um trabalho criativo e manual. O que mais me motivou quando me aprofundei na rotina da produção cerâmica é a construção de narrativas artísticas e registros, quase que eternos, da cultura e história de diferentes povos”, explica a artista.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Compartilhe esta matéria:

Quer anunciar no jornal Diário de Niterói? Clique aqui e fale diretamente com nosso atendimento publicitário.




Publicidade


Top