Acompanhe nossas redes sociais

Niterói assina termo de colaboração com a vila portuguesa de Forjães



A iniciativa permitirá intercâmbios e cooperação nos campos da ciência e tecnologia, economia e comércio, agricultura, saúde, educação, cultura e turismo

A Prefeitura de Niterói assinou, nesta quinta-feira (30), um termo de colaboração com a Vila de Forjães, situada na cidade de Esposende, no distrito de Braga, em Portugal. A vila portuguesa mapeou um número significativo de forjanenses emigrados para Niterói e procurou o município para estreitar as relações entre as localidades. A assinatura, realizada em reunião virtual, é parte do programa comemorativo do 33° aniversário de elevação a vila de Forjães.

De acordo com o termo de colaboração, Niterói e Forjães vão realizar intercâmbios e cooperação em diferentes formas nos campos da ciência e tecnologia, economia e comércio, desporto, agricultura, saúde, educação, cultura,e turismo, promovendo assim a prosperidade e o desenvolvimento recíproco.

O prefeito de Niterói, Axel Grael, lembrou que, no mês passado, Niterói e Braga ratificaram um acordo de cidades irmãs, assinado virtualmente em fevereiro deste ano, estabelecendo parcerias comerciais e a troca de informações para impulsionar e fomentar novos negócios. A parceria também estimulou Forjäes a procurar a Prefeitura de Niterói para propor a assinatura.

“Recebemos esta iniciativa de forma muito positiva e vamos colaborar no que for preciso. Em Niterói, temos uma das maiores comunidades de estrangeiros e um Clube Português bastante atuante e representativo. Acredito que Brasil e Portugal precisam cooperar cada vez mais para a troca de experiências. Essa aproximação tem muita sinergia e, com certeza, trará resultados positivos”, enfatizou.

O Escritório de Gestão de Projetos da Prefeitura de Niterói (EGP) ficará responsável por coordenar, junto à presidência da Assembleia de Freguesia, a colaboração. A secretária do Escritório de Gestão de Projetos, Katherine Azevedo, destacou que serão desenvolvidas ações entre o município e a vila. 

“Estamos avançando na estratégia de internacionalização de Niterói para estimular o desenvolvimento em várias áreas da cidade, por meio de atividades que beneficiem ambos os lados e aproximem os povos. Existe uma sinergia natural entre os povos, principalmente por conta da linguagem, que facilita essa troca. Durante as conversas com a equipe de Forjães foram pensadas diversas atividades que serão detalhadas no plano de trabalho”, pontuou.

O presidente da Assembleia de Freguesia de Forjães, Carlos Manuel Gomes de Sá, disse que a Junta de Freguesia de Forjães vem estabelecendo parcerias com as localidades onde residem os forjanenses. Segundo ele, Braga tem atualmente mais de 10 mil brasileiros e foi um dos municípios que mais cresceu nos últimos anos.

“Neste momento, estamos a desenvolver o projeto Forjanenses pelo Mundo, que pretende, por vontade dos próprios, rastrear emigrantes forjanenses, sendo muito importante a comunidade que temos em Niterói. Tivemos inúmeros forjanenses aí emigrados, destacando-se a figura de António Rodrigues Alves de Faria, fundador, em 1909, da Companhia de Comércio e Navegação”, detalhou.

Foto: Luciana Carneiro 

Comentários
Compartilhe esta matéria:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Quer anunciar no jornal Diário de Niterói? Clique aqui e fale diretamente com nosso atendimento publicitário.




Publicidade
Top