Acompanhe nossas redes sociais

Prefeitura entrega nova escola reformada na Ititioca



Além de pintura geral, a unidade ganhou uma quadra poliesportiva coberta e rampas de acessibilidade

 A reforma geral da Escola Municipal Vila Costa Monteiro, na Ititioca, foi entregue pela Prefeitura de Niterói, nesta quinta-feira (1º).  Esta é a terceira unidade totalmente reformada neste ano. A revitalização do espaço faz parte do plano de metas de 100 dias de governo da Secretaria Municipal de Educação e da Fundação Municipal de Educação. Além de pintura geral em todos os ambientes, a escola ganhou uma quadra poliesportiva coberta e rampas de acessibilidade.

O prefeito Axel Grael destacou a importância das obras para melhoria da infraestrutura na educação municipal.

“A gente vê que vocês colocam sentimentos e muito amor em cada detalhe. Esse tipo de obras é necessário e é uma obrigação da administração, assim como cuidar do que foi feito é uma obrigação de cada um. Dá uma satisfação enorme perceber que estamos melhorando, cada vez mais, a infraestrutura de educação. Estamos melhorando a parte pedagógica e agregando a tecnologia. Tudo isso vai render bons frutos para as gerações que estão nas escolas e as que virão. É isso que faz com que a cidade avance”, disse o prefeito.

A unidade está inserida no projeto de modernização da rede que, de acordo com a SME e a FME, é uma das prioridades da gestão. Além desta, foram entregues reformadas as Unidades Municipais de Educação Infantil (Umeis) Prof.ª Margareth Flores, em São Francisco, e Lizete Fernandes Maciel, no Jacaré, que já retornaram às atividades presenciais em sistema híbrido.
Vinicius Wu, secretário de Educação, ressalta o esforço da Prefeitura para qualificar as escolas por acreditar em uma educação pública de qualidade.

“A Prefeitura de Niterói está fazendo um grande esforço para qualificar a estrutura de suas escolas. Não apenas em função das necessidades das ações por conta da pandemia, mas por acreditar que uma escola pública de qualidade pressupõe também uma infraestrutura adequada para o funcionamento das atividades pedagógicas. Estamos com reformas em várias unidades e entregando obras como esta da Vila Costa Monteiro que foi totalmente reestruturada. Na prática, o prefeito está entregando uma nova escola para a cidade, o que é muito importante para o futuro da educação. Tenho certeza de que vamos deixar muitas marcas positivas. Temos tudo para consolidar e terminar esse ciclo como a cidade que oferece a melhor estrutura escolar do Rio de Janeiro. Poucos lugares estão fazendo como Niterói para reduzir os efeitos da pandemia com a recuperação de conteúdo para os próximos anos”, ressaltou Wu.
O vereador Binho Guimarães, presidente da Comissão de Educação na Câmara de Vereadores, frisou a importância da retomada das aulas como responsabilidade e da importância de colocar as crianças no eixo central da discussão.

“Gostaria de parabenizar a prefeitura pelo trabalho de colocar as crianças e adolescentes no centro da discussão da retomada das aulas. Temos pautado muito isso na Câmara. Nesse contexto dramático em que a gente vive, as crianças são as maiores vítimas desses efeitos secundários, e até primários, da pandemia. Efeitos que vão além da dificuldade educacional, com a queda da cobertura vacinal e o aumento da violência domiciliar. Então, termos o retorno das aulas com toda responsabilidade que a rede está apresentando e com uma boa estrutura deixa a gente muito feliz e facilita o nosso trabalho de fiscalizar o executivo”, destacou o vereador.

O presidente da FME, Fernando Cruz, ressalta que diversas unidades da Rede Municipal estão passando por obras de modernização e adequação da infraestrutura. Além disso, todas as unidades receberam itens de proteção individual e coletivo e foram sanitizadas, em preparação ao retorno presencial.
“Além das três escolas totalmente reformadas, estamos com obras em muitas outras unidades desde o início do ano. Avançamos muito nos últimos anos, a rede foi ampliada com mais escolas e agora estamos modernizando as unidades para oferecer um ensino de mais qualidade para nossos alunos e profissionais”, contou Fernando.

A Escola Municipal Vila Costa Monteiro era da rede estadual e foi absorvida pela Prefeitura em 2009. Desde então, passou por várias intervenções. Atualmente, a unidade atende quase 400 alunos, com idades entre 3 e 11 anos, no sistema remoto e deve reabrir para atividades presenciais em breve. De acordo com a diretora geral da unidade, Yohana Taldo Rodrigues, a obra era muito esperada pela comunidade escolar.

“A estrutura da escola é de 1977. Depois que foi municipalizada, passou por manutenção, mas estava precisando de uma reforma geral. Nossos alunos e professores estão se sentindo muito felizes e valorizados. Já fizemos uma transmissão com eles mostrando tudo novo e convidamos uma família, representando a comunidade, para conhecer nosso novo espaço. Eles amaram”, contou a diretora.

A unidade passou por reforma geral, com pintura interna e externa de todos os espaços, colocação de cerâmica em meia parede em todos os ambientes internos e externos, troca do forro, construção de rampas para acessibilidade desde a entrada e em toda a parte interna e colocação de piso tátil, nova quadra coberta polivalente para prática das aulas de educação física, revisão de toda a parte elétrica, novo muro no entorno da escola. O laboratório de informática e o pátio também foram reformados.

Os serviços de reforma e manutenção que estão sendo realizados em diversas unidades seguem um cronograma estabelecido pelo Departamento de Obras da FME. As intervenções incluem pinturas dos ambientes internos e externos, revitalização dos pátios, troca de portas e janelas, manutenção do telhado, construção de pátios e quadras, entre outras melhorias.

Foto: Luciana Carneiro 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Compartilhe esta matéria:

Quer anunciar no jornal Diário de Niterói? Clique aqui e fale diretamente com nosso atendimento publicitário.




Top