Acompanhe nossas redes sociais

Prefeitura promove oficinas ligadas à Economia Solidária



A Prefeitura de Niterói, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Economia Solidária (SMASES), tem promovido oficinas no Centro de Referência em Economia Solidária de Itaipu, em parceria com o Fórum de Economia Solidária de Niterói. Nas últimas duas semanas, aproximadamente 30 mulheres, referenciadas pelo Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) do Cafubá, participaram das oficinas de corte e costura e tear. O objetivo desta iniciativa é aliar o trabalho desenvolvido pelos dois equipamentos – Casa Paul Singer e Fórum de Economia Solidária – , aproveitando a experiência das trabalhadoras organizadas no Fórum para desenvolver a economia territorializada em novos possíveis espaços. A ideia é expandir essas oficinas para os bancos comunitários.

O Secretário de Assistência Social e Economia Solidária, Vilde Dorian, comemora a integração das equipes.

“O desafio de integrar a rede socioassistencial é contínuo. Fico feliz que nossa secretaria esteja construindo novas portas de entrada para o público que é referenciado em nossos CRAS”, destacou o secretário.

Bianca Vales, gestora do Centro de Referência em Economia Solidária de Itaipu, reforça que é gratificante ver a troca entre as mulheres.

“Tem sido muito gratificante abrir espaço para que haja essa troca entre as mulheres que são militantes da economia solidária, ensinando um ofício que é tradição para muitas delas e a outras mulheres que buscam possibilidades de autonomia financeira”, disse Bianca.

As oficinas de corte e costura são ministradas pela Jujuca e as de tear pela Marilda Bravo, ambas são membros do Fórum de Economia Solidária de Niterói, expõem e vendem seus produtos no Circuito Arariboia, que promove feiras da economia solidária na cidade. A ideia é que essas oficinas gerem a possibilidade de trabalho e renda às mulheres que são referenciadas pelos centros de Referência da Assistência Social.

Segundo o Coordenador de Economia Solidária, Maicon Carlos, as oficinas vão além da possibilidade de geração de renda.

“As oficinas não vão apenas garantir a possibilidade de geração de renda e autonomia financeira, mas também, criarão a possibilidade dessas mulheres se organizarem em cooperativas e associações. A ideia é que elas entrem na lógica de economia pautada na solidariedade, autogestão e comércio justo, que é o que o Fórum de Economia Solidária de Niterói tem feito há mais de 10 anos”.

Oficinas 

Quem quiser participar das oficinas oferecidas pelo Centro de Referência em Economia Solidária de Itaipu, basta procurar o lugar e fazer o cadastro. O Centro Praia de Itaipu fica em frente à Praça das Amendoeiras, na Praia de Itaipu. Informações pelo e-mail ecosol.itaipu@gmail.com ou pelo número (21) 99038-4409.

O Centro de Referência em Economia Solidária Casa Paul Singer, localizado no Centro de Niterói, também realizará oficinas em parceria com o Fórum de Economia Solidária de Niterói e, parte delas está na programação de aniversário de dois anos da Casa, que começa na próxima semana. A programação está disponível nas redes sociais da Secretaria @smasesniteroi/.

 Divulgação SMASES

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Compartilhe esta matéria:

Quer anunciar no jornal Diário de Niterói? Clique aqui e fale diretamente com nosso atendimento publicitário.




Publicidade


Top