Acompanhe nossas redes sociais

 Alunos de escolas de Niterói expõem obras de arte no Campo de São Bento


Exposição comemora o Dia Nacional do Ciclista e tem como objetivo estimular uso da bicicleta 

O Centro Cultural Paschoal Carlos Magno, no Campo de São Bento, foi palco da inauguração da mostra cultural “Arte, Bicicleta e Educação” no final da tarde da última quinta-feira (18). A exposição reuniu uma coletânea de obras de arte criadas por crianças da rede municipal de ensino de Niterói em comemoração ao Dia Nacional do Ciclista (19/08) e é uma parceria entre as secretarias de Educação, das Culturas e da Coordenadoria Niterói de Bicicleta. 

“O Programa Niterói de Bicicleta convidou as crianças para expressarem através de desenhos a presença das bicicletas em nossa cidade. Gostamos muito do resultado! Vários dos trabalhos expostos mostravam a presença da ciclovia, o que nos faz entender que esse elemento novo no desenho urbano de Niterói já está introjetado nessa nova geração.”, comenta Axel Grael, prefeito de Niterói, que estava acompanhado da primeira-dama, Christa Vogel Grael. 

O objetivo da mostra é estimular o uso da bicicleta entre os estudantes e niteroienses e mostrar que as bicicletas são um meio de transporte saudável, sustentável e econômico. Atualmente, Niterói tem 60 km de ciclovias e a meta é chegar a 120 km até 2024.

“Estamos avançando na pauta da mobilidade por bicicleta em Niterói, estimulando a cultura da bike, o respeito e a educação no trânsito. Além do caráter lúdico, a mostra é uma ferramenta de estímulo à reflexão crítica sobre o transporte urbano em nossa cidade”, detalhou o coordenador do Niterói de Bicicleta, Filipe Simões.

Crianças de 12 escolas participaram do projeto. Cada professor desenvolveu o tema de acordo com os trabalhos abordados em sala de aula. De acordo com o secretário de Educação, Lincoln de Araújo, o exercício criativo proposto aos estudantes estimula a ideia de que o meio urbano deve ser ressignificado.

“A educação municipal de Niterói está comprometida em idealizarmos e consolidarmos a cidade que queremos: uma cidade inclusiva nos aspectos da justiça social, responsável no zelo ao meio ambiente. As bicicletas, em Niterói, simbolizam essa mobilização pela sustentabilidade”, afirmou.

O secretário municipal do Clima, Luciano Paez, acredita que esse evento trabalha a sensibilização no que diz respeito à cultura do uso da bicicleta na cidade. 

“Niterói vem crescendo exponencialmente na quantidade de ciclistas por conta da estrutura física que a gente vem montando desde 2013. Isso, para nós da Secretaria do Clima, é fundamental, porque reduz a quantidade de emissão de gases de efeito estufa. A sensibilização das crianças nesse processo vai gerar uma cultura de um adulto ciclista e responsável”, acredita. 

Exposição, no Centro Cultural Paschoal Carlos Magno, reuniu uma coletânea de obras de arte criadas por crianças da rede municipal de ensino de Niterói em comemoração ao Dia Nacional do Ciclista.

Aluna da Escola Municipal Paulo Almeida Campos, em Icaraí, Helena Gomes, de 10 anos, já aprendeu a lição. 

“Achei muito legal fazer esse trabalho. Acredito que usar bicicletas, em vez de carro ou ônibus, evita a poluição e pode salvar o planeta!”, declara. 

A ideia da organização é que a exposição seja itinerante e levada a diversos pontos culturais da cidade e em escolas da rede municipal de Educação até o final deste ano. Além disso, de acordo com os organizadores, a mostra também estará disponível em breve de forma digitalizada nos canais oficiais da Coordenadoria Niterói de Bicicleta e nos da Secretaria de Educação. 

Crianças e escolas premiadas – O evento contou ainda com uma premiação. As crianças autoras dos melhores trabalhos foram premiadas com bicicletas – uma por categoria de acordo com a série em que estão cursando. Além disso, todas as Unidades Municipais de Educação Infantil (Umeis) participantes receberam bicicletas de equilíbrio. 

Primeira infância – A mostra no Centro Cultural Paschoal Carlos Magno faz parte da uma série de projetos que estão sendo desenvolvidos na cidade voltados para a primeira infância envolvendo várias secretarias. As ações são norteadas pela Rede Urban 95, que realiza capacitações e mapeamento das ações dedicadas a crianças de 0 a 5 anos. 

Foto: Lucas Benevides

Comentários
Compartilhe esta matéria:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Quer anunciar no jornal Diário de Niterói? Clique aqui e fale diretamente com nosso atendimento publicitário.

Quer enviar uma queixa ou denúncia, ou conteúdo de interesse coletivo, escreva para noticia@diariodeniteroi.com.br ou utilize um dos canais do menu "Contatos".




Top