Escola Municipal Anísio Teixeira em Niterói é premiada pela embaixada francesa

Condecoração tem a missão de promover a educação ambiental em francês e português

A Escola Municipal Anísio Teixeira, localizada no bairro de São Domingos, em Niterói, recebeu um prêmio do FrancEcolab, ação desenvolvida pela Embaixada da França no Brasil. A condecoração tem o objetivo de inserir a educação ambiental em francês e português nas escolas brasileiras, principalmente nas redes públicas. A escola já havia conquistado duas medalhas de prata nas edições anteriores, mas foi a primeira vez que alcançou o topo do pódio.


Neste ano, a FrancEcolab escolheu, para o livre desenvolvimento por parte das escolas inscritas, o tema “As florestas do Brasil: preservar a biodiversidade”. A turma premiada foi do 5º ano da E. M. Anísio Teixeira. Eles produziram um livro sobre a preservação ambiental das florestas, produzindo ilustrações a partir do uso de materiais recicláveis, tais como folhas e gravetos. A obra foi organizada pela Embaixada da França.


As professoras Jéssica de Paula e Joelma Oliveira auxiliaram as crianças na elaboração da história. Segundo Jéssica, foi uma satisfação e felicidade enorme ver o projeto ser premiado.
“Toda a comunidade escolar ficou feliz com o prêmio. Além disso, estamos todos emocionados com o fato de a escola pública estar sendo vista, mostrando que existe um trabalho de qualidade sendo desenvolvido na Rede Municipal de Educação”, pontuou.


As crianças também ficaram muito felizes com a medalha de ouro. A estudante Mariana Oliva, de 10 anos, contou um pouco do processo de criação da história campeã.
“O trabalho feito pela turma usou materiais recicláveis, como folhas, gravetos e outras coisas da natureza. Para escrever, a gente recortou letras de revistas. Não usamos tinta, pois tínhamos que usar materiais que poluíssem pouco. Fiquei muito feliz e com a sensação de que fizemos um trabalho muito bonito, bem feito”, explicou.


Já Alice da Silva, de 11 anos, fez questão de contar que a turma se divertiu e aprendeu muito ao participar da competição.
“No momento em que o trabalho estava sendo feito, a turma se uniu ainda mais. A turma mostrou o seu talento. Eu fiquei muito feliz, porque nós fizemos tudo isso com muito amor e carinho”, contou.

Comentários
Compartilhe esta matéria:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Quer anunciar no jornal Diário de Niterói? Clique aqui e fale diretamente com nosso atendimento publicitário.

Quer enviar uma queixa ou denúncia, ou conteúdo de interesse coletivo, escreva para noticia@diariodeniteroi.com.br ou utilize um dos canais do menu "Contatos".