Acompanhe nossas redes sociais

Prefeitura de Niterói lança projeto voltado para a primeira infância no Barreto



Projeto de requalificação urbana voltado para a primeira infância, o Rotas Caminháveis, foi lançado pela Prefeitura de Niterói, em parceria com a Rede Urban 95, neste sábado (23), no Horto do Barreto. A programação começou com o Pedal das Crianças, programa que proporciona pedaladas seguras e divertidas para pais, crianças e toda a família. Nesta primeira edição, os ciclistas sairam da praça do Tio Sam, no Barreto e seguiram até o Horto. Todo o trajeto foi acompanhado por operadores da NitTrans.

O objetivo do Rotas Caminháveis é desenvolver, implementar e ampliar soluções inovadoras e sustentáveis de mobilidade e espaço público, com foco no desenvolvimento de crianças entre zero e 6 anos, através da incorporação do conceito de primeira infância nas estratégias de planejamento urbano e na construção de edificações implementadas pela cidade.

O projeto reúne um conjunto de iniciativas que começaram a ser idealizadas na cidade a partir de 2020, quando o município passou a integrar a Urban95, ação internacional da Fundação Bernard Van Leer, com o objetivo de formar uma rede brasileira pela primeira infância.   

Estudos mostram que é na primeira infância, de zero a 6 anos, que as crianças adquirem capacidades de aprendizado, sociabilidade e afetividade que serão levadas para toda a vida. Levantamentos apontam que o investimento na educação infantil gera retorno social muito maior que em outras etapas, como o ensino médio ou superior. Ainda em desenvolvimento, o cérebro das crianças tem alta capacidade de absorção e resposta aos estímulos, o que torna o aprendizado extremamente duradouro.

Responsável pelo Escritório de Gestão de Projetos da Prefeitura de Niterói, Valéria Braga, enfatiza que a Rede Urban95 trouxe uma formação para os servidores municipais muito específica, relacionada à primeira infância, e essa estratégia abriu uma série de oportunidades de novos projetos em várias áreas.

“O Rotas Caminháveis é um desses projetos, o primeiro, um projeto piloto. Outros projetos estão em fase de planejamento na cidade. Foi gerado um sentimento e um comprometimento de diversas secretarias para este tema. Existem ações ligadas ao Urbanismo, Cultura, Educação, Saúde, Assistência Social, Clima, Meio Ambiente, entre outras. É um compromisso da Prefeitura com esse tema”, enfatiza.

Desenvolvimento infantil

 As intervenções urbanas tem o objetivo de qualificar o tempo em que os cuidadores e as crianças têm juntos, por isso, as caminhadas até as escolas são valorizadas com elementos lúdicos que estimulam o desenvolvimento infantil, como pinturas em muros e calçadas ao longo da rota.

A arquiteta e urbanista Helena Porto, que integra a equipe da Coordenadoria Niterói de Bicicleta, explicou que o projeto propõe a criação de um trajeto lúdico e interativo para a primeira infância, proporcionando o caminhar e a acesso em um espaço público saudável, seguro para brincar e explorar, e que incentiva as interações e apropriação do espaço urbano.

E, parte destas ações, é a implantação de ciclofaixas nas ruas Benjamin Constant, Presidente Craveiro Lopes e Doutor Luiz Palmier, ligando o Barreto à malha cicloviária de Niterói.

“Nosso planejamento inclui a priorização de alguns territórios e a participação da comunidade, especialmente crianças, na formatação das intervenções. O projeto piloto está sendo feito no Barreto e a ideia é que seja replicável em diversas localidades da cidade, servindo, inclusive, como referência para outras cidades. Uma cidade melhor para a infância é uma cidade melhor para todos”, disse Porto.

O Rotas Caminháveis incluiu, também, uma etapa participativa com as crianças da área, através de uma escuta realizada nas escolas municipais do entorno. Nesta atividade, as crianças foram abordadas sobre o trajeto para a escola, sobre quais as dificuldades encontradas e o que gostariam que tivesse neste trajeto. Parte do que foi colocado como “desejado” pelas crianças, foi levado em consideração pelo artista urbano para a pintura do muro da escola municipal Altivo César e na calçada, onde espaços foram reservados para as crianças participarem do processo de produção junto ao artista.“Tentamos sempre pensar projetos inclusivos, que promovam o uso e o conforto dos espaços públicos, mas esse é um projeto que nos proporcionou um olhar diferenciado para os espaços, pensado para um melhor desenvolvimento das crianças, através da utilização de um urbanismo mais lúdico, com cores, texturas, mobiliários interativos, arte e pinturas, proporcionando, assim, caminhos e áreas de permanência mais interativos, que possibilitem o aprendizado e o conforto das crianças”, detalha a  diretora da Secretaria Municipal de Urbanismo, Betina Araújo.

Foto: Berg Silva

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Compartilhe esta matéria:

Quer anunciar no jornal Diário de Niterói? Clique aqui e fale diretamente com nosso atendimento publicitário.




Publicidade


Top