Acompanhe nossas redes sociais

Apresentação cultural marca abertura oficial do ano letivo em Niterói



Orquestra da Grota foi uma das atrações do evento, que reuniu alunos e profissionais da rede municipal de educação

A programação de abertura oficial do ano letivo da Rede Municipal de Educação de Niterói começou em grande estilo. Nesta quarta-feira (09), alunos e profissionais da rede assistiram a uma apresentação cultural no Theatro Municipal de Niterói. Entre os artistas convidados, os músicos da Orquestra da Grota. As aulas nas unidades da rede municipal foram iniciadas no dia 7 de fevereiro e retornaram 100% presencial após o período de feriado do Carnaval.

A programação de abertura oficial do ano letivo da Rede Municipal de Educação de Niterói começou em grande estilo. Nesta quarta-feira (09), alunos e profissionais da rede assistiram a uma apresentação cultural no Theatro Municipal de Niterói. Entre os artistas convidados, os músicos da Orquestra da Grota. As aulas nas unidades da rede municipal foram iniciadas no dia 7 de fevereiro e retornaram 100% presencial após o período de feriado do Carnaval.

Os alunos do Núcleo Badu da Orquestra da Grota, que já contam com sua orquestra, animaram a plateia ao som de releituras dos sucessos de Coldplay, Queen, Alceu Valença e Michael Jackson. A regência foi de Ricardo Vidal e Priscila Vidal, ex-alunos do projeto, que estão entre os responsáveis pelas aulas da garotada em Pendotiba.

“É um dia muito especial para a Rede Municipal. Estamos abrindo o nosso ano letivo com um concerto no Theatro Municipal. E nós queremos tornar isso uma prática permanente, fazer com que as nossas escolas estejam presentes nos equipamentos culturais da cidade. Dessa maneira nós queremos afirmar Niterói uma Cidade Educadora”, disse o secretário de Educação, Vinicius Wu.

O presidente da Fundação Municipal de Educação, Fernando Cruz, ressaltou que está muito animado com o início do ano letivo, principalmente com o retorno 100% presencial às aulas.

“Os últimos dois anos foram muito desafiadores para a escola pública. Este ano letivo será fundamental para recuperar o vínculo e o processo de ensino-aprendizagem dos nossos alunos”, afirmou.

A apresentação cultural também contou com a participação do grupo Saudação aos Orixás, formado por alunos do 9º ano da Escola Municipal Levi Carneiro, localizada no Sapê. A Coordenadora de Educação e Cultura da SME/FME, Liliane Balonecker, também se apresentou com uma performance poético-musical que mesclou poemas autorais e obras de poetas já consagrados com trechos de canções da MPB.

Alunos das escolas municipais Nossa Senhora da Penha, na Ilha da Conceição, e Alberto Francisco Torres, no Centro, foram prestigiar o evento. Cayo Nascimento, de 10 anos, adorou a dança dos alunos da Levi Carneiro e gostou muito de conhecer o Theatro Municipal.
 
“Foi maravilhoso. É minha primeira vez no Theatro e o lugar é muito bom! Uma delícia ficar aqui. Gostei muito da dança, da música… tudo maravilhoso. Eu tenho vontade de tocar violão, tenho em casa mas não toco muito e hoje senti vontade de aprender mais!”, Fernanda Barcelos, de 10 anos.

Programação 

 A Secretaria e a Fundação Municipal de Educação de Niterói organizaram uma programação especial para marcar a abertura oficial do ano letivo. No dia 17, no Solar do Jambeiro, o antropólogo e filósofo Roberto DaMatta debate “Educação, Cultura e Carnaval”. Neste dia também serão apresentados dois editais relacionados à cultura e à efetivação da Lei 10.639 nas escolas. No dia 25, a Educação promove uma ação social em homenagem ao Mês da Mulher. Entre 10h e 14h, no Jardim São João (Centro), serão oferecidas informações sobre a Educação de Jovens e Adultos do município e o direito das mulheres através de parceria com a CODIM, além de atividades culturais organizadas pelas Bibliotecas Populares.

No dia 31 de março, o jornalista Mário Magalhães participa de um debate após a sessão privada do filme Marighella, obra inspirada no livro escrito pelo jornalista, na Sala Nelson Pereira dos Santos. No mesmo equipamento cultural, no dia 6 de abril, o economista Marcelo Neri (FGV) encerra a programação com uma Aula Magna que abordará sua pesquisa mais recente sobre os efeitos da pandemia na evasão escolar.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Compartilhe esta matéria:

Quer anunciar no jornal Diário de Niterói? Clique aqui e fale diretamente com nosso atendimento publicitário.




Publicidade


Top